Lareiras, muito mais do que só aquecer..

Inspirados por esse friozinho gostoso,  vamos dar uma dica aconchegante que aquece qualquer ambiente, as lareiras!

Apesar de não ser algo comum nos lares brasileiros, elas estão cada vez mais presentes nas mostras de decoração, e nos projetos de arquitetura.

Como tudo no mundo do design as lareiras passaram por uma releitura e hoje se mostram nas mais diversas formas, cores e tamanhos.

Existem inúmeros tipos de lareira e diversas indicações para cada ambiente. Apesar de lindas e aconchegantes, todas elas possuem vantagens e desvantagens que devem ser levadas em conta na hora da escolha.

Lareira ecológica: Ela foi nomeada como “ecológica” pois funciona por meio de álcool, combustíveis renováveis e menos poluentes.

Esse estilo de lareira possui chamas de verdade vindas da queima do combustível, mas dispensa lenha e, com isso, não produz fumaça e fuligem, facilitando a limpeza.

Atualmente está ganhando mais popularidade entre os diferentes tipos de lareira, pois não tem o consumo de energia elétrica e nem precisa de muito para ser instalado dentro de casa.

Lareira elétrica: Sinônimo de praticidade e segurança, pois com um apertar de botão as chamas (em 3D, imitando as chamas reais) são acesas. E a inexistência de chamas e lenha não cria fumaça ou fuligem, por isso também não precisa de chaminé.

Nas desvantagens, o consumo de energia, dependendo do uso e da potência do aquecimento, pode gerar uma boa alta nas contas.

 

Lareira a lenha: A mais tradicional e comum. Elas geralmente são embutidas na parede e feitas em alvenaria (o acabamento pode variar em tijolos, pedras e até mesmo mármore), É indicada para casas, pois necessita de uma chaminé para liberar a fumaça.

Mas aquele cheirinho de lenha queimada estilo “chalézinho” nos alpes, só ela pode oferecer.

Lareira a gás: Essa possui uma chama viva bem próxima daquele gerada pela lareira a lenha. A lareira a gás, é outra opção para quem precisa de uma manutenção rápida para apartamentos ou casas. Ela ainda precisa ser embutida na parede e ser ligada à um ponto de gás (que pode ser tanto botijão de cozinha ou em gás natural encanado), por isso pode causar uma pequena reforma dentro de casa, mesmo que não precise de chaminé.

Para os mais “moderninhos” as lareiras suspensas trazem um ar extremamente contemporâneo e é muito bem inserida em qualquer ambiente.

Outra opção super inusitada é quando a lareira ecológica, está inserida no mobiliário. Assim você tem um móvel com dupla funcionalidade.

A mesa lareira é super pratica, você acende com álcool em gel naqueles dias de frio, e deixando aquela reunião ainda mais aconchegante.

Afinal de contas tem coisa mais gostosa que no inverno, aproveitar o frio perto de uma lareira quentinha, tomando um chocolate quente ou torrando marshmallows, não é?

Posts Relacionados